XXX Colóquio SPP – A Criança e a Psicanálise – Participantes

22 de Maio de 2020 – 23 de Maio de 2020
Fundação Calouste Gulbenkian – Auditório 2

Apresentação | Programa (brevemente)

Oradores

Anna Maria Niccolò

É membro da Comissão de Representantes da Associação Internacional de Psicanálise e desde 2005 que é Coordenadora do Fórum para a adolescência da Federação Europeia de Psicanálise. É membro fundadora da Sociedade de Psicanálise e Psicoterapia para as Crianças, Adolescentes e Casais (SIPsIA), secretária científica do Instituto Winnicott (ASNE-SIPSIA). Foi Presidente da Sociedade Italiana de Psicanálise de Casais e Família (PCF) e Co-fundadora da Associação Internacional Psicanalítica de Casais e Família.

Augusto Carreira

Nascido a 19/04/1952. Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa (1977). Especialista em Psiquiatria da Infância e Adolescência desde 1987.
Bolseiro da JNICT no Centro Alfred Binet (Paris) – Pós graduação em Pedopsiquiatria (1987). Chefe de Equipa da Clínica do Parque do H.D.E. (2001-2014). Chefe de Serviço Hospitalar desde 2005. Professor convidado da Escola Superior de Saúde de Alcoitão (2003-2009) – Saúde Mental II. Fundador da Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria. Fundador e Presidente da Associação de Apoio á Clínica do Parque – ARTERAPIAS (2006 – 2010). Presidente da Associação Portuguesa de Psiquiatria da Infância e Adolescência – APPIA (2010-2014). Membro do Conselho de Administração da Associação Europeia de Psicopatologia da Criança e do Adolescente – AEPEA. Director da Área de Psiquiatria da Infância e Adolescência do CHLC-HDE até Setembro de 2018.

Bruno Jorge

Frequência do 3º ano do Mestrado Integrado em Psicologia. Experiência profissional como técnico superior no Núcleo de Infância e Juventude do Instituto de Segurança Social na área do apoio técnico às casas de acolhimento, coordenador da área educativa e terapêutica da Casa da Alameda e interlocutor distrital do programa integrado de educação e formação. Atualmente desempenha funções como Diretor do Núcleo de Qualificação e Gestão de Vagas no qual se insere a coordenação da Equipa CARE (Capacitar, Autonomizar, Reconfigurar) da Direção de Infância, Juventude e Família. Formador e orador em conferências sobre acolhimento residencial com intencionalidade terapêutica. Realizou a sua análise pessoal com o Professor Doutor Rui Aragão.

Elsa Couchinho

Psicóloga Clínica, Psicanalista, Psicanalista de Crianças e Adolescentes, membro da IPA. Desenvolve prática clínica privada em Lisboa. Tem especial interesse pela psicanálise aplicada em contexto de intervenção multidisciplinar. Na área da justiça fez parte da equipa que implementou o primeiro serviço de psicologia no estabelecimento prisional de Alcoentre. Tem realizado diversas formações e supervisão de equipas técnicas de lares de acolhimento de crianças e jovens em risco.

Isabel Quinta da Costa

Psicanalista Membro Associado da SPP. Psicanalista da Criança e do Adolescente COCAP. Formadora no IFTP. Membro Titular da SPPPG. Desenvolve atividade clínica com crianças, adolescentes e adultos.

Isabel Soares

É professora catedrática da Escola de Psicologia da Universidade do Minho e psicóloga clínica e psicoterapeuta pela Ordem dos Psicólogos Portugueses. A sua atividade como docente inscreve-se nas áreas da Psicologia e Psicopatologia do Desenvolvimento e Psicologia Clínica. No âmbito da investigação é membro do Centro de Investigação em Psicologia da Universidade do Minho, sendo coordenadora do Grupo de Estudos de Vinculação e da Unidade de Investigação do Desenvolvimento e Psicopatologia. Com vários projetos financiados pela FCT e pela Fundação Bial e publicações nacionais e internacionais, a sua pesquisa tem incidido no impacto da adversidade e risco psicossocial e dos efeitos da privação de cuidados familiares no desenvolvimento das crianças. É Investigadora Responsável do Laboratório Colaborativo designado ProChild CoLAB, recentemente aprovado pelo painel internacional de avaliação da FCT.

João França de Sousa

Psiquiatra e Psicanalista. Foi chefe de serviço no Hospital de St Maria, destacando-se, no seu trabalho, a implementação de um modelo psicodinâmico de orientação psicanalítica no hospital de dia e na formação dos técnicos de saúde de mental, médicos e não médicos. É membro honorário da Soc. Portuguesa de Grupanálise e Psicoterapia Analítica de Grupo. Há 38 que é membro associado da Soc. Portuguesa de Psicanálise, onde é responsável por seminários de formação e pela análise de candidatos. Coordena o grupo da Escuta da Escuta, sendo membro do grupo homólogo da FEP. Tem participado assiduamente em Congressos nacionais e internacionais.

Luísa Branco Vicente

Médica com as especialidades de Psiquiatria e de Pedopsiquiatria.
Doutorada em Psiquiatria e Saúde Mental pela Faculdade de Medicina de Lisboa
Membro da Comissão de Ensino e Didacta da Sociedade Portuguesa de Psicanálise
Vice-Presidente da Direcção da Sociedade Portuguesa de Psicodrama Psicanalítico, Sócia Fundadora.
Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Sociedade Portuguesa de Psicossomática, Sócia Fundadora.
Full Member: International Psychoanalytic Association; European Psychoanalytical Federation; Federation of European Psychodrama Training Organizations; International Association for Group Psychotherapy and Group Processes.
Professora na Faculdade de Medicina de Lisboa.
Investigadora e Coordenadora de Projectos de Investigação em áreas de Medicina e Saúde Mental, sobretudo Violência de Género e Maus-tratos na Infância e na Adolescência.
Autora de diversos artigos científicos em revistas nacionais e internacionais; Co-autora de diversos livros.
Sociedade Vila Literária de Óbidos – Associação Cultural, Sócia Fundadora e Presidente da Mesa da Assembleia Geral.
Ler Devagar, Sócia Fundadora
Associação Cultural e Museu Cavaquinho, Sócia Fundadora e Vogal da Direção.

Margarida Lobo Antunes

Pediatra e responsável da consulta de Obesidade do Hospital Lusíadas Lisboa. Diretora Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa desde Julho 2019. Assistente convidada de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa desde 2012. Colaboração na Unidade Curricular “Processos em Nutrição, Ambiente e Saúde” dos Mestrados em Química e Bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa desde 2016, lecionando o tema: “Obesidade Infantil”. Arguente de quatro teses dessa Unidade Curricular. Participação no projeto: “Food Evolution Manifesto Team”. Coautora do livro “À Descoberta do seu Bebé”, Editora Manuscrito, 2018.

Maria do Carmo Sousa Lima

Psicanalista de crianças e adultos Membro Didata das SPP/FEP/IPA. Licenciatura em Filosofia (Univ. Clássica de Lisboa). Pós-graduação em Psicologia Clínica de Crianças (Univ. Lovaina). Actividade clínica pública e privada, e de formação. Supervisões mensais de casos clínicos de crianças e adultos com Donald Meltzer, com frequência mensal, entre 1991 e 2004. Seminários clínicos em Lisboa, Oxford, Londres (Tavistock-Clinic), Copenhaga, Florença, Paris e Barcelona. Colaboração nos ‘Anglo-European Clinical Seminars’, Wolfson College, Oxford. ‘Em que sítio da minha cabeça é que levo a Maria do Carmo?’. Lisboa: Freud & Cª, 2017. Publicações de casos de psicanálise de crianças (The Journal of the British Association of Psychotherapists; Analytische Kinder-und Jugendlichen-Psycho-Therapie). Três livros de poesia e um em co-autoria sobre Psicanálise e Arte.

Maria Fernanda Alexandre

Psicanalista, Psicóloga Clinica e Psicoterapeuta de adultos, de adolescentes e de crianças. Membro Titular com funções Didácticas da Sociedade Portuguesa de Psicanálise (SPP). Membro da Associação Internacional de Psicanálise – IPA e da Federação Europeia de Psicanálise- FEP, assim como da Sociedade Europeia de Psicanálise da Criança e do Adolescente – SEPEA. Tem actividades docentes no Instituto de Psicanálise. Exerceu vários cargos na SPP: Secretária Cientifica da SPP, Presidente da Mesa da Assembleia da SPP, Presidente do Instituto, Presidente da Comissão de Ensino e é actual Directora da Revista Portuguesa de Psicanalise. Tem um número assinalável de Conferências e Comunicações feitas em Congressos e Seminários assim como em diferentes Instituições. Publicou diversos artigos em revistas internacionais e nacionais de Psicanálise. Colaborou, dentro da sua área, em quatro livros. Publicou em 2007 o seguinte livro “Mudanças Psíquicas no Processo Terapêutico – O papel do narcisismo” e em 2014 “A Experiência Psíquica -Ensaios sobre a construção do processo psicanalítico”. Faz clinica privada e supervisões de casos clínicos de adultos e de crianças em Lisboa.

Maria José Gonçalves

Psicanalista, Presidente da Comissão de Ensino da SPP e sua Presidente entre 2014-2015. Fundadora do Instituto de Psicanálise, e sua Presidente 1994-1995 e 2009-2010, tendo criado e coordenado durante mais de 20 anos o seminário de observação de bebés. Formadora e supervisora, participou na transição do modelo de formação Eitingon para o modelo francês e tem impulsionado a formação no âmbito da Ética Psicanalítica. Médica, pedopsiquiatra, foi Directora do Departamento de Psiquiatria da Infância e da Adolescência, onde criou e dirigiu a sua Unidade da Primeira Infância. Participou em congressos tendo publicado vários artigos nacionais e internacionais.

Maria Luís Ferreira Borges de Castro Cardoso de Matos

Pedopsiquiatra, Psiquiatra e Psicanalista foi bolseira do Governo francês de Pedopsiquiatria no Centro Alfred Binet, em Paris, tendo trabalhado com Serge Lebovici, Evelyne Kestemberg e René Diatkine. Analista em formação do Instituto de Psicanálise de Paris durante 2 anos. Psicanalista há 38 anos da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, na qualidade atual de Membro Associado. Orientadora de Seminários de Formação do Instituto Português de Psicanálise, sobre a Obra de Freud, Narcisismo, Psicoses, Psicossomática e Personalidades Narcísicas e Borderline. Aceite pela Comissão de Ensino como analista de futuros candidatos à formação na Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Durante quinze anos, foi Chefe de Serviço Hospitalar de Pedopsiquiatria do Hospital de Dona Estefânia e Chefe de Equipa do Departamento de Pedopsiquiatria e Saúde Mental Infantil e Juvenil do Hospital de Dona Estefânia. Assistente convidada das cadeiras: Psicopatologia Dinâmica da Criança e do Adolescente e Psicopatologia Dinâmica do Adulto da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Lisboa (UCL) durante 7 anos. Membro de diversas Sociedades científicas e Directora da Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria durante 10 anos.

Com comunicações e publicações destacando-se as seguintes publicações:

• Atitudes na perturbação da relação mãe/filho Nascer…e depois 1983

• Simbolismo e realidade externa. Revista Portuguesa de Psicanálise, 5: 43-50, 1987

• Relação médico/doente na consulta de Estomatologia Pediátrica 2º número do volume 29 da Revista Portuguesa de Estomatologia e Cirurgia Máxilofacial.

• Narcisismo: apresentação de um caso clínico c/ col. Revista Portuguesa de Psicanálise, 8:77-90, 1990

• Perspectivas Terapêuticas nas Psicoses Infantis c/ col. Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria, 1:87-97, 1991

• Considerações teóricas sobre o conceito de Traumatismo psíquico. Revista Portuguesa de Psicanálise, 10/11: 49-55, 1992

• A Asma na Criança: um trabalho de Investigação. Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria, 3:121-131, 1992

• Édipo Rei, Édipo Mortal…Cristo Súbdito, Cristo Imortal… Revista Portuguesa de Psicanálise, 13:15-20, 1994

• Meios Audiovisuais: violência e sexualidade. Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria, 9:33-39, 1995

• Quando o pedopsiquiatra é psicanalista…: Revista Portuguesa de Psicanálise, 16:75-81, 1997

• Editoriais da Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria, como diretora desta Revista durante 10 anos

Neurose Obsessiva-Compulsiva: Revista de Psiquiatria do Hospital Distrital do Barreiro.
Filhos do Alcoolismo “A Outra Geração: Revista Portuguesa de Psicanálise
Da Pedagogia à Educação: um caminho. Duas Vertentes essenciais do desenvolvimento psicológico infantil. 2010. Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria nº 29 Volume II.
Liberdade: a sustentável fragilidade do afeto. Revista Portuguesa de Psicanálise, 2016 37 Volume I
No prelo para a RPP: Psicanálise e Física Moderna: o fim da ditadura da razão.

Orlando Fialho

Médico, Psiquiatria, Pedopsiquiatra e Psicanalista de adultos, crianças e adolescentes. Membro Titular com Funções Didácticas da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Membro da Associação Internacional de Psicanálise (IPA) e da Federação Europeia de Psicanálise (FEP). Foi Presidente do Instituto de Psicanálise. Foi Presidente do Instituto António Aurélio da Costa Ferreira. Ex-Chefe de Clínica do Hospital Psiquiátrico Universitário de Lausanne – Suíça. Autor do livro Sujeito e Objecto na Cura Analítica (2015) e Desenho Infantil – Espelho do Mundo Interno da Criança (2019)

Paulo Guerra

É licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (1981-1986).
É Juiz de Direito desde 1988, actualmente colocado, como Juiz Desembargador, no Tribunal da Relação de Coimbra, embora em comissão de serviço judicial como director-adjunto do CEJ, a Escola de Formação de Magistrados de Portugal.
É autor de várias obras jurídicas no âmbito do Direito de Família e das Crianças.
Foi docente do Centro de Estudos Judiciários (CEJ), durante 6 anos, nesta Área, tendo sido durante 3 anos Coordenador da Área.
Foi Juiz Secretário do Conselho Superior da Magistratura (de 2004-2007).
Foi conferencista em 388 Seminários/Encontros/Congressos. Formador em 69 Acções de Formação, em Portugal, em Espanha, em França, Macau e em Moçambique.
Foi o Representante do Estado Português – indicado pelo Governo – (durante a Presidência da União Europeia – de 1/7 a 31/12/2007), presidindo, em Bruxelas, ao Grupo de Trabalho do Comité do Direito Civil da União Europeia que incidiu sobre o regulamento comunitário sobre obrigações alimentares (o Regulamento 4/2009, de 18 de Dezembro de 2008, relativo à competência, à lei aplicável, reconhecimento e execução das decisões e à cooperação em matéria de obrigações alimentares).
Foi participante, enquanto Representante de PORTUGAL (e subsequente coordenador das posições dos 27 países da União Europeia) nas negociações com vista à conclusão da nova Convenção da Haia sobre cobrança de Alimentos devidos a menores e a outros membros da família (e respectivo Protocolo sobre Lei aplicável a estas obrigações alimentares), entre 5 e 23 de Novembro de 2007 na Haia (no âmbito da Conferência da Haia de Direito Internacional Privado), tendo assinado, juntamente com o Embaixador de Portugal na Haia, a dita Convenção e Protocolo em 23/11/2007.
É Associado do Centro de Direito da Família (Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra) e membro do Observatório Permanente da Adopção (do CDF – Coimbra).
Trabalha há muito no mundo das Crianças, ramo jurídico que sempre o apaixonou e que tem recebido há largos anos o melhor dos seus cantos judiciários.
Com 20 anos, foi galardoado com o I Prémio Literário da Associação Académica de Coimbra, tendo ganho outros prémios pela sua escrita.
Colaborou durante seis anos nas páginas do «Jornal de Leiria», onde fazia crítica cinematográfica (coluna «Condição Cine-qua-non»), tendo ainda feito programas de radio na então Radio Clube de Leiria.
Foi fundador de um jornal regional.
Conserta os brinquedos dos seus sobrinhos.
Sofre de uma doce doença chamada cinefilia.
Tem um blogue.
Sempre escreveu.
E continua a escrever…

Raquel Quelhas Lima

Médica, especializou-se em Psiquiatria da Infância e da Adolescência no Hospital Especializado de Crianças Maria Pia (Porto). É Psicanalista, membro associado da Sociedade Portuguesa de Psicanálise com formação adicional em Psicanálise de crianças e adolescentes, membro da International Psychoanalytical Association (IPA) e da Fédération Européenne de Psychanalyse (FEP). Enquanto assistente hospitalar, salienta a articulação com os cuidados de saúde primários na promoção da saúde mental infantil e juvenil e a atividade de Pedopsiquiatria de Ligação numa abordagem psicossomática, global e globalizante. Atualmente exerce apenas clínica privada, dedicando-se à psicanálise de adultos, crianças e adolescentes. Na Sociedade Portuguesa de Psicanálise, tem desempenhado funções directivas, organizativas e formativas, tendo ainda integrado a Comissão de Ética. É autora e co-autora de várias comunicações e publicações na área da clínica e da investigação pedopsiquiátrica e psicanalítica.

Rui Aragão Oliveira

Presidente da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Membro da Associação Internacional de Psicanálise, Psicanalista titular e com funções didáticas na Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Doutorado em Psicologia Clínica, exerceu a atividade de docência universitária no ensino Público (Universidade de Évora) e Privado (Instituto Psicologia Aplicada). Dirigiu a Revista Portuguesa de Psicanálise. Foi membro inicial do Editorial Board Psychoanalysis.Today e pertence ao Comité de assessores do Livro Anual de Psicanálise/Internacional Journal of Psychoanalysis e da Revista IDE. Autor de um vasto número de artigos, publicados em Revistas nacionais e internacionais da especialidade.

Rui do Carmo

Procurador da República jubilado. Coordenador da Equipa de Análise Retrospetiva de Homicídio em Violência Doméstica (desde 2017). Coordenador da Comissão Técnica Multidisciplinar para a Melhoria da Prevenção e Combate à Violência Doméstica (2019). Exerceu funções como magistrado do Ministério Público, durante 32 anos, em diversas comarcas do país, nas áreas criminal e de família e menores, e na Procuradoria-Geral Distrital de Coimbra – tendo-se jubilado no ano de 2016. Professor convidado da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (desde o ano de 2013). Docente dos mestrados em Direito Judiciário e em Direito da Família, Crianças e Sucessões da Escola de Direito da Universidade do Minho (desde o ano de 2007). Membro e docente em cursos de formação do Centro de Direito da Família da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (desde 1998). Docente do Centro de Estudos Judiciários nos anos de 1997 a 2001 e diretor-adjunto nos anos de 2001 a 2004 e 2010 a 2011. Tem diversos estudos publicados na área do direito penal e processual penal, do direito da família e das crianças e da comunicação e linguagem judiciárias.

Rui Paixão

É Doutorado em Psicologia Clínica. É Professor de psicopatologia e psicoterapias dinâmicas na Universidade de Coimbra. É, ainda, professor convidado da Universidade de São Paulo (Instituto de Psicologia), investigador do Centro de Estudos Sociais (Laboratório Associado da Universidade de Coimbra) e Editor da Revista Psychologica. Os seus interesses científicos centram-se nas áreas da psicopatologia, psicoterapia, processos de tomada de decisão, violência e validação de testemunhos. É autor e coautor de múltiplos capítulos de livros e artigos científicos publicados em revistas nacionais e internacionais.

Moderadores

Ana Teresa Vale

É Psicóloga Clínica e Psicanalista. Membro associado da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, faz também parte do corpo de formadores do seu Instituto. Desenvolve a sua atividade clínica em consultório privado em Lisboa e participa regularmente nos congressos nacionais e internacionais, nos quais já apresentou trabalhos.

Carla Cruz

Psicóloga Clínica, licenciada pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), Mestre em Psicologia Clínica, pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa. Psicanalista de adultos, crianças e adolescentes. Membro Titular da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Membro da Associação Internacional de Psicanálise (IPA) e da Federação Europeia de Psicanálise (FEP). Secretária da Assembleia Geral da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.

Henriqueta Martins

Psicóloga clínica e da saúde, psicoterapeuta. Psicanalista da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Doutorada em psicologia clínica na área de Psicanálise. Investigadora em Psicanálise e Psicossomática. Docente convidada do Instituto de ciências da Saúde da Universidade Católica de Lisboa. Membro da equipa de psiquiatria da infância e adolescência da SCML. Coordenadora da Creche Casa do Bebé. Formadora em Observação do bebé segundo o método de Esther Bick.

José António Moutinho de Abreu Afonso

É psicanalista da S.P.P. e da International Psychoanalitc Association É secretário científico e formador da S.P.P. Doutorado em Psicologia Clínica, é professor e investigador no ISPA-Instituto Universitário onde lecciona matérias ligadas à psicanálise e à intervenção psicoterapêutica, sendo ainda o coordenador pedagógico dos estágios em Psicologia Clínica e da Saúde. É autor de vários trabalhos publicados em revistas científicas, livros e actas de eventos nacionais e internacionais. A sua actividade clínica, passou por trabalho institucional e desenvolve-se actualmente, em exercício privado, em Lisboa. É supervisor de psicoterapêutas em prática liberal e institucional.

Luísa Norton de Matos

Psicanalista, Membro Associado da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, Membro da International Psychoanalytical Association e Membro da Federação Europeia de Psicanálise. Licenciada em Psicologia Clínica pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada no ano de 1991, obteve o grau de Mestre em Psicopatologia e Psicologia Clínica pelo mesmo instituto no ano de 1997. Realizou estudos académicos complementares na Universidade de Aix-Marseille, em 1991, ao abrigo do Programa Erasmus, onde frequentou seminários de estudos no âmbito do D.E.S.S. em Psychologie Clínique et Pathologique na área da Clínica das Relações mãe-bebé e Separação e Ruturas no Desenvolvimento e fez um Estágio Escolar no Centre Médico-Psycho-Pédagogique “Henry Wallon”. Trabalhou de 1992 a 2012 como Psicóloga Coordenadora da Equipa Ensino Especial no Externato Grão Vasco. Iniciou a sua atividade Clínica em Consultório privado, no ano de 1992 como Psicoterapeuta de Crianças e, no ano de 2000 como Psicoterapeuta de Adultos. Em março de 2019 termina a sua formação na Sociedade Portuguesa de Psicanalise, sendo-lhe concedido o grau de Psicanalista Associada. Em 2016 iniciou a sua formação, em Psicanálise da Criança e do Adolescente na mesma Sociedade, tendo terminado recentemente, em Julho de 2019, a sua formação curricular e clínica.

Miguel Pinto Barros

É Psicólogo Clínico e Psicanalista. É Membro Associado da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e Membro da Associação Internacional de Psicanálise. Tem consultório privado onde faz psicoterapias psicanalíticas e psicanálises a adolescentes e adultos. Trabalha no Serviço de Pediatria do Hospital dos Lusíadas em Lisboa, fazendo consultas terapêuticas e psicoterapias psicanalíticas a crianças, adolescentes e às suas famílias. É supervisor clínico de Equipas Técnicas e Educativas de Casas de Acolhimento de Crianças e Jovens da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e da Segurança Social.

Rita Gameiro

Psicóloga Clínica e Mestre em Psicopatologia e Psicologia Clinica pelo ISPA (2009). Psicanalista de adultos, Membro Associado da Sociedade Portuguesa de Psicanálise (SPP), Membro da International Psychoanalytical Association (IPA) e da Federação Europeia de Psicanálise (FEP), desde 2016. Trabalhou em instituições públicas de saúde mental em regime de ambulatório, internamento e hospital de dia (2002-2007). Fez parte da equipa editorial da Revista Portuguesa de Psicanálise (2013-2015), foi co-responsável pelo Jornal Club do Instituto de Psicanálise (2014-2016) e é desde 2017 responsável pela equipa editorial do blog da SPP: “A Peste”. Tem vindo a participar e a apresentar trabalhos clínicos em congressos nacionais e internacionais: IPSO Lisboa 2015, SPP Coimbra 2018, IP Lisboa 2019, FEP Turim 2014, NMS Bruxelas 2018, IPA Tokyo 2018. Em formação para psicanalista de Crianças e Adolescentes desde 2016. Trabalha actualmente em prática privada em Lisboa como psicanalista e psicoterapeuta de adultos, adolescentes e crianças.

Sofia de Bastos Ambrósio

Psicanalista, Membro Associado da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, Membro da International Psychoanalytical Association e Membro da Federação Europeia de Psicanálise. Licenciatura em Psicologia Clínica pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada no ano de 1992, e Mestrado em Psicologia Educacional pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada no ano de 1994. Realizou estudos académicos complementares na Universidade de Aix-en-Provence, onde frequentou e completou seminários de estudos no âmbito do D.E.S.S. em Psychologie Clinique et Pathologique, ao abrigo do Programa Erasmus. A sua actividade clínica, em consultório privado, iniciou-se no ano de 1994 como Psicoterapeuta de Crianças, e no ano de 2000 também como Psicoterapeuta de Adultos. Iniciou a sua formação na Sociedade Portuguesa de Psicanalise, tendo-lhe sido concedido o grau de Psicanalista no ano de 2016. Recentemente, em Julho de 2019, terminou a sua formação curricular e clínica em Psicanálise da Criança e de Adolescentes na mesma Sociedade. Desde Janeiro de 2019 que ocupa o cargo de Secretária do Instituto de Psicanálise de Lisboa.

Workshop

Anna Maria Niccolò

É membro da Comissão de Representantes da Associação Internacional de Psicanálise e desde 2005 que é Coordenadora do Fórum para a adolescência da Federação Europeia de Psicanálise. É membro fundadora da Sociedade de Psicanálise e Psicoterapia para as Crianças, Adolescentes e Casais (SIPsIA), secretária científica do Instituto Winnicott (ASNE-SIPSIA). Foi Presidente da Sociedade Italiana de Psicanálise de Casais e Família (PCF) e Co-fundadora da Associação Internacional Psicanalítica de Casais e Família.

Conceição Melo Almeida

Psicóloga Clínica, psicanalista de crianças, adolescentes e adultos. Trabalhou com delinquência infantil e juvenil em equipas junto ao Tribunal de Família e Menores de Aveiro e Coimbra, em instituição e ambulatório. Co-coordenou uma equipa de crianças em risco no então Centro de Atendimento de Toxicodependentes de Coimbra. Trabalha na Equipa Terapêutica de Coimbra do DICAD(Departamento de Intervenção em Comportamentos Aditivos e Dependências) onde exerce as funções de psicóloga clínica e psicoterapeuta. Coordena a orientação de estágios do mestrado de psicologia clínica psicodinâmica. É formadora no Instituto de Psicanálise de Lisboa.

Ana Luísa Ferreira (apresentação)

Psicóloga licenciada pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. Reconhecida como especialista em Psicologia Clínica e da Saúde e em Psicoterapia pela Ordem dos Psicólogos Portugueses.
Membro Candidata da Sociedade Portuguesa de Psicanálise desde 2011.
Encontra-se em formação como Psicanalista da Criança e do Adolescente desde 2017.
Colabora na coordenação do Journal Club desde 2018.
Desenvolveu atividade institucional nas áreas da toxicodependência e da acção social. Trabalha em clínica privada com crianças, adolescentes e adultos desde 2000.
Em 2015 apresentou uma comunicação nas Jornadas Internas intitulada: “Sob o olhar de Medusa: movimentos entre a Psicoterapia e a Psicanálise”. Em 2016, no 31° Congresso da FEPAL, participou no grupo de trabalho de Lisboa de representação da SPP e apresentou em co-autoria o trabalho: “Corporal(mente) – A contratransferência somática”. Este trabalho foi apresentado em Sessão Científica, em 2017 e publicado na Revista Portuguesa de Psicanálise, n°38 em 2018. Em 2018, no 51°. Congresso da IPA, apresentou o trabalho: “A ambiguidade e o feminino” integrado na comunicação conjunta “Paula Rego – secrets and stories”, na categoria filme.

Ana Catarina Duarte Silva (moderação)

Psicóloga Clínica, Psicoterapeuta, Mestre em Psicopatologia e Psicologia Clínica. Psicanalista. É membro Associada da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e da International Psychonalytical Association (IPA) 2008. Formadora no Instituto Português de Psicanálise. Vive em Lisboa onde exerce a sua práctica clínica desde 1995. Tem publicações e intervenções diversificadas no domínio da psicologia, da psicanálise e da cultura.