Publicado em

Open Day

No próximo dia 8 de novembro pelas 18 horas terá lugar o “Open Day” da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Abrem-se as portas da sede, na avenida da República 97, para que todos os que identifiquem em si o desejo de conhecer, aproximar ou abraçar a Psicanálise, possam aí encontrar um espaço de apresentação, diálogo e reflexão sobre a psicanálise e as principais atividades da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e os seus Institutos de Lisboa e Porto.

Nesse dia teremos oportunidade de, num tempo que se prevê de agradável convívio, dar a conhecer gratuitamente, de forma breve, mas apelativa e esclarecedora, as raízes do pensamento psicanalítico em Portugal, o seu desenvolvimento e situação atual.

A Psicanálise, fundada por Freud e pelos seus discípulos em Viena na passagem do século XIX para o XX, versa sobre a investigação dos processos psíquicos profundos e é um método terapêutico resultante desta mesma investigação, que continua a evoluir significativamente.

Em 1910, Freud e o grupo de discípulos pioneiros, fundam a IPA – International Psychoanalytical Association que, ao longo dos tempos, foi congregando várias sociedades, uma das quais é a Sociedade Portuguesa de Psicanálise. A IPA é atualmente formada por mais de 12.000 membros, distribuídos por 50 países, nos 5 continentes.

No Open Day teremos oportunidade de ouvir os atuais responsáveis por alguns dos órgãos da Sociedade Portuguesa de Psicanálise que nos irão falar sobre a identidade e o trabalho dos psicanalistas e apresentarão as principais linhas de trabalho clínico, científico e cultural atualmente desenvolvidas na sua relação com outros ramos do conhecimento.  Serão ainda divulgadas as funções clínicas e formativas dos Institutos de Lisboa e Porto nos quais se praticam tratamentos psicanalíticos e se assegura a formação   pós-graduada    de   profissionais    fundamentalmente da área da Psicologia Clínica e da Psiquiatria que desejem tornar-se psicanalistas. 

Num segundo momento, a história do nascimento da Psicanálise em Portugal, os seus fundadores, os primeiros passos para a constituição da atual SPP, e as várias atividades científicas e culturais atuais serão o tema de um documentário que será projetado na sala de trabalhos.

Finalmente, e após uma visita às instalações, serão constituídos pequenos grupos, que integrarão membros da Sociedade Portuguesa de Psicanálise em diferentes graus de formação, nos quais será dinamizado um espaço de diálogo onde poderão ser abordados e desenvolvidos temas de interesse dos participantes. 

No final deste encontro, haverá lugar a um tempo de convívio no espaço da Biblioteca, sendo servido um “Porto de Honra”, privilegiando-se o relacionamento entre os participantes e a criação de novas dinâmicas de diálogo num ambiente informal.