Publicado em

Je t’invite chez moi

Paris recebeu-nos no 79º Congresso de Psicanálise de Língua Francesa subordinado ao tema da bissexualidade psíquica, sexualidades e géneros. Trata-se de um congresso organizado pela SPP (Société Psychanalytique de Paris) e APF ( Association Psychanalytique de France) com participação das várias sociedades que compõem a CPLF. 

O congresso centra-se na apresentação e discussão de dois “rapports”: “La bisexualité, l’inceste et la mort” realizado por François Richard (SPP) e “Ombres et lumières de la bisexualité” realizado por Jean-Michel Levy. Estes foram objecto de estudo prévio e reflexão nas várias sociedades. Ainda, em espaço de atelier, é relançada a discussão dos mesmos em pequeno grupo. 

Os assuntos abordados inscrevem-se numa linha de coerência e continuidade com os restantes encontros internacionais (FEP “Corpo”, IPA “ The Feminine) deste ano de 2019. São temas actuais que estão na ordem do dia e se cruzam com outras áreas de conhecimento tais como a história, sociologia e medicina genética, igualmente interpelados no congresso. 

Sentimos a importância do olhar da psicanálise sobre estas novas realidades ao nível do género, identidade, travestismo, modificações no corpo e outros fenómenos sociais. Está contemplado, na organização do congresso, o tempo de uma hora para discussão com o auditório promovendo uma interação muito rica entre os pares. Da mesma forma que o espaço IPSO tem um lugar privilegiado para a supervisão de casos clínicos apresentados por candidatos. 

À saída da Maison de Mutualité, no coração de Saint Germain des Prés, encontrámos uma esplanada em plena moldura parisiense. E de lá assistimos ao desfile, qual passadeira vermelha, daqueles com quem privámos em leitura, pensamento e reflexão. 

Salientamos perante os colegas candidatos, a importância de participar nestes encontros internacionais como um meio fecundo e criativo de complementar a nossa formação teórico-prática. 

*Este texto foi escrito entre nuvens, algures entre Paris e Lisboa, a bordo de um Transavia.