A carregar Eventos

« Todos os Eventos

VIII Encontro – Édipo em Alexandria – Conversas na biblioteca da Sociedade Portuguesa de Psicanálise

7 de Dezembro @ 21:00 - 23:30

Obra: Bruno Bettelheim, The uses of Enchantment – A Psicanálise dos contos de fadas (1976)

O fascínio infantil pelos contos de fadas tem sido objeto de vários estudos, principalmente literários.  O seu simbolismo e a relação que mantêm com o inconsciente tornou-se, entretanto, um campo fértil para explorações psicanalíticas. Freud foi o primeiro a descobrir a sua natureza simbólica, assinalando que, tal como mitos e lendas, os contos mergulham nas partes mais primitivas do psiquismo individual e coletivo.  Mas seria Bruno Bettelheim  em The Uses of Enchantment (1976) quem viria a popularizar e a aprofundar esta complexa e fascinante abordagem do universo mágico.  “Todo o conto de fadas é um espelho mágico que reflete certos aspetos do nosso mundo interior e os passos exigidos para que transitemos da imaturidade para a maturidade. Para aqueles que mergulham no que o conto de fadas tem para comunicar, ele apresenta-se como um lago pacífico que parece refletir antes do mais a nossa imagem; mas, por detrás dessa imagem, logo descobrimos a turbulência interior do nosso espirito, a profundidade e as formas que encontramos para nos colocarmos em paz com ele e com o mundo exterior (…) “.

Escrito, segundo o autor, para “ajudar os adultos e muito em particular os que se ocupam de crianças a compreender a importância dos contos de fadas, Bettelheim analisa nesta obra o conteúdo profundo das histórias infantis, mostrando como respondem às ansiedades das crianças, informando-as ao mesmo tempo sobre os esforços a serem feitos para chegar à maturidade.

Trazer A Psicanálise dos contos de Fadas para “Édipo em Alexandria” é prestar uma homenagem ao seu autor e pensar a atualidade da sua obra.  Em conversa com Ana Mourato, investigadora em literatura infantil e contadora de histórias, mergulharemos no potencial que os contos encerram para o desenvolvimento infantil e para a abertura do adulto aos segredos da infância.

 

Convidados:

Ana Mourato – Psicóloga, investigadora em literatura infantil, contadora de histórias.

Maria Teresa Sá – Psicanalista, professora na Escola Superior de Educação

 

Coordenação:

João Mendes Ferreira, SPP.

 

Édipo em Alexandria – Alexandria, a cidade da mítica biblioteca da Antiguidade Clássica, não figura no itinerário da trágica personagem tão cara à psicanálise: o Édipo de Sófocles, reclamado por Freud como representante simbólico maior da nossa condição humana.

Desde os seus primórdios, a Psicanálise está ligada aos livros e à Cultura e o pensamento psicanalítico traduziu-se em inúmeras obras que geram um universo de possibilidades de leitura – tanto dentro como fora do campo analítico.

Com esta iniciativa do Grupo de Outreach, a SPP pretende abrir as portas da nossa biblioteca para serões de conversa em torno de uma obra psicanalítica, num ambiente informal, que se deseja profícuo em elaboração e livre expressão de opiniões e sensibilidades.

Uma breve apresentação da obra, e do seu contexto e relevância histórica, será feita por membros da SPP, com comentários e leituras de um convidado de outra área, num diálogo livre e espontâneo entre todos os participantes.

Seguir-se-á uma ceia volante, a prolongar o convívio.

A participação será feita mediante uma inscrição no valor de 8 €.

A inscrição só poderá ser feita até à véspera do Encontro, com Inês Marques, na  secretaria   da   SPP   ou   para   o   e-mailsppsicanalise2013@gmail.com,   com comprovativo de pagamento.

Pagamento de inscriçãoPoderá efectuar o pagamento por transferência bancária – NIB: 0010 0000 0706 7870 00152.

É desejável fazer a sua inscrição com antecedência dado o número limitado de lugares.

Detalhes

Data:
7 de Dezembro
Hora:
21:00 - 23:30
Categoria de Evento:

Local

Lisboa
Av. da República, 97 - 5º
Lisboa, 1050 Portugal
+ Mapa do Google
Telefone:
217972108