Publicado em

Sodade

O método psicanalítico tem na associação livre um dos instrumentos para aceder ao inconsciente. Mas, se pensarmos bem, a associação livre é a chave do pensamento criativo, do pensamento que ousa explorar os continentes ignotos da mente. Quando isso acontece, encontramos nexos imprevisíveis na própria realidade, como se tudo tivesse a ver com tudo (o princípio da analogia soberano).  Continuar a ler Sodade

Publicado em

A Valsa com Bashir

No âmbito do ciclo de cinema “Há um psicanalista na plateia”, foi exibido o filme “A Valsa com Bashir”, a seguir ao qual ocorreu uma conversa interessante entre Maria do Carmo Sousa Lima e Clara Rowland, moderada por João Mendes Ferreira. A conversa versou vários aspetos do filme, mas centrou-se sobretudo no tema do ciclo – O trauma no cinema. Continuar a ler A Valsa com Bashir

Publicado em

Um regresso a casa – com Christopher Bollas em Paris

Ah
não me venham dizer
oh
não quero saber
ah
quem me dera esquecer


Só e incerto é que o poema é aberto
e a Palavra flui inesgotável!

Mário Cesariny

Longe de estar familiarizado com toda a metapsicologia de Christopher Bollas, ou sequer com a sua maior parte, tinha tido contacto apenas com alguns conceitos e implicações técnicas, que haviam despertado em mim a curiosidade suficiente para nunca mais o largar. Continuar a ler Um regresso a casa – com Christopher Bollas em Paris