Publicado em

Ciclo de Cinema “Há um psicanalista na plateia! O trauma no cinema”

Há um psicanalista na plateia! O trauma no cinema
Ciclo de cinema comentado
17 Outubro a 12 de Dezembro 2018
Cinema Medeia Monumental

Enquanto resposta à insegurança resultante de inúmeras ameaças reais ou subjectivas — colapso ecológico, crise económica, terrorismo, conflitos armados, retorno a várias formas de intolerância —, o trauma pode muito bem ser a marca de uma nova era que se vem instalando.
Um evento traumático envolve uma experiência ou uma série de experiências cujos impactos podem afectar as respostas/comportamentos do(s) sujeito(s) na sua vida quotidiana, desde as esferas sociais às esferas privadas e íntimas. Marcado pela cultura e pelos valores, do ponto de vista psíquico o trauma introduz uma ruptura no eixo espaço/tempo do indivíduo: paralisa a mente que fica condenada à repetição, na esperança de compreender e de se regenerar. Singular ou colectivo, o episódio traumático gera uma condição onde o afecto, associado à experiência, se torna da ordem do impensável e do irrepresentável, passando a ser vivido através da acção, e tendendo, quando não resolvido, a perpetuar-se transferindo-se geracionalmente, de pais para filhos, por vezes durante décadas.
O cinema tem vindo a apresentar-nos alguns ângulos de abordagem ao trauma, convertendo-se numa ferramenta útil para reflectir o modo como esta noção tem vindo a estruturar inúmeros discursos e visões sobre o nosso tempo e a nossa condição.

Organização: Instituto de História da Arte da FCSH-NOVA, Sociedade Portuguesa de Psicanálise, Medeia Filmes e Leopardo Filmes

Curadoria: Bruno Marques, Cláudia Madeira, Conceição Tavares de Almeida, Giulia Lamoni, João Mendes Ferreira.

Publicado em

Quando as estrelas se apagam.

A 1 de Outubro chegou-nos a notícia de que morreu aos 94 anos, na sua residência no sul de França, o menino que cresceu por entre os palcos de Paris, e que fez a música francesa transpor todas as distâncias – Charles Aznavour. Eleito “artista do Século” pela CNN em 1988, deixa um rasto sonoro, uma inscrição mnésica que atravessa gerações fazendo com que muitos o entoem mesmo sem reconhecer por vezes a origem nas notas que trauteiam.

Continuar a ler Quando as estrelas se apagam.

Publicado em

Formação  “Intervenção clínica no trauma” – 16 Janeiro 2019

 “Intervenção clínica no trauma

RUI ARAGÃO OLIVEIRA

16 de Janeiro 2019 (Quarta-feira)10h

Palácio Sacadura Bote (Edifício III da FPCE-UC) – Sala R/C – COIMBRA

 Formação intensiva de seis horas realizada em colaboração pela Sociedade Portuguesa de Psicanálise e pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (subárea de Psicopatologia e Psicoterapia Dinâmicas)

 NOTA: Inscrições limitadas a 20 participantes, por ordem de chegada

  •  Objetivos

Este minicurso de 6 horas pretende refletir sobre o conceito de trauma em Psicanálise, contribuindo para uma compreensão aprofundada do fenómeno psíquico associado a acontecimentos traumáticos, fornecendo metodologias de análise para um diagnóstico diferencial, e promover a intervenção terapêutica de base psicanalítica.

É dirigido a psicólogos com conhecimentos básicos da teoria psicanalítica, estudantes de mestrado e doutoramento na área psicodinâmica, e outros profissionais de saúde mental.

 

  • Formador

Prof. Dr. Rui Aragão Oliveira (Psicanalista Titular com funções didáticas da SPP/IPA, realiza trabalhos de investigação e clínica psicanalítica no âmbito do trauma e processos de mudança psíquica. Presidente da SPP, Doutorado em Psicologia Clínica, dirigiu a Revista Portuguesa de Psicanálise e leccionou na Universidade de Évora e no ISPA).

 

  • Programa

O fenómeno traumáticos: Evolução conceptual na teoria psicanalítica;

Sintomatologia e diagnóstico diferencial;

A recolha de elementos para a compreensão de base psicanalítica;

Investigação psicanalítica atual e o trauma;

Intervenções psicoterapêuticas (apresentação e discussão clínica).

 

  • Inscrições online (aceder ao link)

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSewv8Yb6xH6FBKtqO5qB2YrMpyN4ru51GM5IyhhiVJjtJL4Eg/viewform?c=0&w=1

 

  • Informações

Sociedade Portuguesa de Psicanálise

Secretariado – Inês Marques

Av. da República, 97 – 5ºAndar

1050-190 Lisboa

Tel : 21 797 21 08 / Fax : 21 793 62 24

E-mail: sppsicanalise2013@gmail.com

Website: www.sppsicanalise.pt

Formação Intensiva_SPP_c_FPCE-UCoimbra