Sexualidade Contemporânea e Psicanálise – Olhares, Desafios, Diálogos

XXVIII Colóquio da Sociedade Portuguesa de Psicanálise

5 e 6 maio 2017 – Auditório J.J. Laginha – ISCTE-IUL, Av. das Forças Armadas – Lisboa, 1649-026 Portugal

Inscrições
Programa
Ficha de inscrição e preços
Comissão Científica
Comissão Organizadora
Conteúdos Relacionados

ABRIRAM AS INSCRIÇÕES

Num tempo em que a sexualidade aparece liberta de velhos tabus e se pretende vivida sem constrangimentos, o sexual continua a ser, afortunadamente, uma fonte de mistério e de curiosidade a que se regressa.
O pensamento psicanalítico é autónomo e distingue-se de outros por abranger uma sexualidade mais vasta do que as suas manifestações observáveis, mas não ignora as mudanças que ocorrem na cultura, na sociedade e os movimentos de ideias.

A Sociedade Portuguesa de Psicanálise vai realizar o seu XXVIII Colóquio SEXUALIDADE CONTEMPORÂNEA E PSICANÁLISE tendo como finalidade criar um espaço de interrogação, de partilha e de encontro da Psicanálise com outras áreas do saber, lugar criativo onde a diversidade de perspectivas faça progredir o conhecimento e compreensão do humano.

Convidamos a que estejam presentes neste Colóquio e agradecemos a colaboração na divulgação deste evento da SPP que, acreditamos, será estimulante e enriquecedor.

Pode conhecer o Programa definitivo do Colóquio e aceder à Ficha de Inscrição nesta página.

Para esclarecimentos adicionais contacte a Secretaria da SPP:
Tel. 00 351 217972108
email: sppsicanalise2013@gmail.com

Programa

Dia 5

9h – SESSÃO DE ABERTURA DO COLÓQUIO

9h30 – CONFERÊNCIA – SEXUALIDAD: METÁFORAS Y HETERONIMIAS
Fernando Orduz – Sociedade Colombiana de Psicanálise
COMENTÁRIO – Luísa Vicente – SPP
PRESIDÊNCIA DA MESA – Maria José Gonçalves – SPP

11h – Intervalo – café

11h30 – QUE LUGAR PARA A PSICANÁLISE NAS SEXUALIDADES DE HOJE? Implicações Clínicas
MODERAÇÃO E COMENTÁRIO: Maria Fernanda Alexandre – SPP

Que vai ser de mim
João Beirão – SPP


Na confusão do Ser e do Ter: um caso pseudo-transsexual
Rita Marta – SPP

Que lugar para a bissexualidade psíquica?
Conceição Melo Almeida – SPP

13h – Almoço

14h30 – SEXUALIDADE E PARENTALIDADES CONTEMPORÂNEAS
MODERAÇÃO: Maria Luís Borges de Castro – SPP

Parentalidades: das lógicas tradicionais ao século XXI
Anália Torres – Socióloga – ISCSP

Famílias e Parentalidades Contemporâneas: os nós e os laços
Álvaro Laborinho Lúcio – Jurista

As grades da falta de interdito
Raquel Quelhas Lima – SPP

16h – Intervalo – café

16h30 – SEXO, INTIMIDADE E VÍNCULO
MODERAÇÃO: Alexandra Coimbra – SPP

O Sexo com Sentido. Da Liberdade de Amar
Mário de Carvalho – Escritor

Se a nudez chegasse…
Pedro Fernandes – Sexólogo

Amar Todos os Dias Cansa. Mas viver todos os dias cansa ainda mais…
Luís Osório – Jornalista

Sonho, Fantasma e Identidade: construções do par analítico
Conceição Tavares de Almeida – SPP

18h30 – SUPERVISÃO IPSO

Dia 6

9h30 – EROTISMO, MISTICISMO E ARTE
MODERAÇÃO: Maria do Carmo Sousa Lima – SPP

Ser Cristã e Psicanálise
Frei Bento Domingues – Teólogo

gosto muito de ti
Carlos Nogueira – Artista Plástico

Este Espectáculo Desabalado da Vida
João Seabra Diniz – SPP

11h – Intervalo – café

11h30 – CONFERÊNCIA – REVISITING “A CHILD BEING BEATEN” – Reflections on maternal sadism
Jonathan Sklar – Sociedade Britânica de Psicanálise
PRESIDÊNCIA DA MESA: Cristina Fabião – SPP
COMENTÁRIO: Rui Aragão Oliveira – SPP

13h – Almoço

14h30 – CONSTRUÇÃO DE GÉNERO/ GÉNERO EM CONSTRUÇÃO
MODERAÇÃO: Jorge Bouça- SPP

Da pluralidade dos géneros nas sociedades contemporâneas: entre medicalização e cidadania sexual
Sofia Aboim – Socióloga – ICS

Género, Identidade e Disforia
Pedro Freitas – Médico

(Dis)Pensar o Género
Ângela Vila-Real – SPP

16h – Intervalo – café

16h30 – SEXUALIDADE: MULTIPLICIDADE E DIFERENÇA
MODERAÇÃO: José Abreu Afonso – SPP

A sexualidade como operador de subjectivação e diferença
Adelino Cardoso – Investigador CHAM-UNL

Sobrevivi Alegremente à Psicanálise
António Serzedelo – Activista de Direitos Cívicos

As muitas faces de Narciso: o Andrógino
Deolinda Santos Costa – SPP

O Erotismo Despido pelos seus Solteiros, Mesmo.
Vasco Santos – SPP

18h30 – ENCERRAMENTO DO COLÓQUIO

20h30 – JANTAR-CONVÍVIO

Ficha de inscrição e preços

Versão Word
Versão PDF

Comissão Científica

António Mendonça
Conceição Tavares Almeida
Cristina Fabião
João Seabra Diniz
Maria José Gonçalves
Rui Aragão Oliveira

Comissão Organizadora

Maria de Deus de Brito – Presidente
Maria da Conceição Simões
Edviges Guerreiro
João Mendes Ferreira
Paulo Azevedo
Tiago Chagas

Conteúdos Relacionados

“The interpenetration of bodies required by the sexual act makes its endless variations ideally suited to represent desires, dreads, conflicts, and negotiations in the relations between self and others. Sexual experiences become powerful organizers of boundaries and self-representations. Bodily sensations and sensual pleasures delineate one’s skin, one’s outline, and the dialectics of bodily and sexual intimacies expose us, position us in relation to the other: over, under, inside, surrounding, against, yielding, controlling, adoring, enraptured, and so on.
Because it provides such powerful material for emotional experience, sexual desire in humans has become our most intimate arena for personal and interpersonal expression.”

Stephan Mitchell, Can Love Last?