Da Clínica à Investigação – II Encontro de Psicanálise de Coimbra / I Encontro de Investigação em Psicanálise

Coimbra, 27 de Janeiro de 2018

Procura-se, com estes Encontros criar um espaço de confluência entre o pensamento clínico e a investigação, abrindo-nos a um tempo em que ambos se interligam, tanto na exploração das formas pelas quais se adoece psiquicamente, como na construção de mudanças terapêuticas. Pretendemos, assim, fazer uma reflexão e uma partilha no âmbito da investigação clínica, mas também nos aspetos mais específicos e inovadores, no âmbito metodológico, dos procedimentos de análise e validação de dados, da psicopatologia infantil, juvenil e do adulto e da avaliação dos processos de mudança em psicoterapia. Tal espaço de encontro pretende criar uma oportunidade para juntar e aproximar clínicos e investigadores que em diferentes instituições e em diversos planos de intervenção têm vindo a procurar desenvolver um trabalho de base psicanalítica.

Inscrição e descarregar flyer

Programa
Convidados
Comissão organizadora

Programa

09h30 – A criança no adulto, o adulto na criança
“O reencontro do infantil do analista com o infantil do analisando” – Rita Gameiro (SPP)
“A criança no adulto ou a incapacidade de sonhar” – Carla Cruz (SPP)
Moderadora: Maria do Carmo Sousa Lima (SPP)

10h45 – Intervalo

11:15 – Investigação na Infância e Psicanálise
“Investigar em Psicanálise. Um percurso até Esther Bick” – Henriqueta Martins (SPP)
Eduardo Sá (FPCE-UC/SPP)
Moderadora: Maria José Gonçalves (SPP)

12h30 – Almoço

14h15 – O narcisismo e a clínica psicanalítica
“Revisitando o narcisismo a partir da viagem analítica” – Cristina Fabião (SPP)
“A volúpia do “Eu”(Se me vês, não me amas; se me não vês, amas-te a ti próprio…)” – Maria Luís Borges Castro (SPP)
Moderadora: Maria Fernanda Alexandre (SPP)

15h30 – Intervalo

16h00 – Conferência “Research of Psychotherapeutic Processes at IPU Berlin”
Martin Teising (International Psychonalytical University – Berlin e GPS).
Comentador: Carlos Farate (SPP)
Presidente: Rui Aragão Oliveira

18h00 – Sessão de encerramento
Rui Paixão (FPCE-UC)
António Mendonça (SPP)
Rui Aragão Oliveira (Presidente da SPP)

18h30 – Supervisão IPSO
International Psychoanalytic Studies Organization
http://www.ipso.world
Supervisor: Conceição Melo de Almeida, Sociedade Portuguesa de Psicanálise
Apresentação de Caso Clínico: Csongor Juhos, Sociedade Portuguesa de Psicanálise
Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação de Coimbra
Aberto a membros IPSO e psicoterapeutas (mediante inscrição)

Convidados

RITA GAMEIRO


Rita Gameiro é psicóloga clínica e mestre em psicopatologia e psicologia clinica pelo ISPA. É psicanalista, membro associado da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e da International Psychoanalytical Association. Trabalhou em instituições públicas de saúde mental em regime de ambulatório, internamento e hospital de dia. Fez parte da equipa editorial da Revista Portuguesa de Psicanálise e tem vindo a apresentar trabalhos clínicos em congressos internacionais (FEP – Turim, IPSO – Lisboa, NMS – Bruxelas). Trabalha actualmente como psicanalista e psicoterapeuta de adultos, adolescentes e crianças em prática privada.

CARLA MARISA CRUZ


Psicóloga Clínica, licenciada pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), Mestre em Psicologia Clínica pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa. Psicanalista de adultos, crianças e adolescentes. Membro Associado da SPP, da FEP e da IPA. Em 1999, foi distinguida com o “Prémio Dr. João dos Santos” atribuído pela Associação Portuguesa de Pedopsiquiatria da Infância e da Adolescência (APPIA); em 2012, uma Menção Honrosa e em 2015, obteve a Bolsa do Instituto de Psicanálise para Apresentação de Trabalhos no Estrangeiro. Autora de artigos em revistas nacionais e internacionais. Exerce Clínica Psicanalítica, em prática privada, com crianças, adolescentes e adultos.

MARIA DO CARMO SOUSA LIMA


Psicanalista de crianças e adultos. Membro Titular das SPP/FEP/IPA.
Licenciatura em Filosofia (Univ. Clássica de Lisboa).
Pós-graduação em Psicologia Clínica de Crianças (Univ. Lovaina).
Actividade clínica pública e privada, e de formação.
Supervisões mensais de casos clínicos de crianças e adultos com Donald Meltzer, com frequência mensal, entre 1991 e 2004.
Seminários clínicos em Lisboa, Oxford, Londres (Tavistock-Clinic), Copenhaga, Florença, Paris e Barcelona.
Colaboração nos ‘Anglo-European Clinical Seminars’, Wolfson College, Oxford.
Publicações de casos de psicanálise de crianças (The Journal of the
British Association of Psychotherapists; Analytische Kinder-und
Jugendlichen-Psycho-Therapie).
‘Em que sítio da minha cabeça levo a Maria do Carmo?’ – Da génese e destino da identificação projectiva. (Lisboa: Freud & Companhia, 2017).
Três livros de poesia e um em co-autoria sobre Psicanálise e Arte.

HENRIQUETA MARTINS


Henriqueta Martins, 57 anos, psicóloga clínica e da saúde, psicoterapeuta, psicanalista, doutorada em psicologia clínica na área de Psicanálise. Investigadora em Psicanálise e Psicossomática. Docente convidada do Instituto de ciências da Saúde da Universidade Católica de Lisboa. Membro da equipa de psiquiatria da infância e adolescência da SCML. Psicanalista e Directora da Creche Casa do Bebé. Formada em Observaçao do bebé segundo o método de Esther Bick.

EDUARDO SÁ

Faculdade de Psicologia e de Ciencias da Educação da Universidade de Coimbra. Sociedade Portuguesa de Psicanálise.

MARIA JOSÉ GONÇALVES


Psicanalista, é membro didacta da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e Presidente da sua Comissão de Ensino. Membro da IPA e da FEP
Médica, pedopsiquiatra, foi Directora do Departamento de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Hospital de D. Estefânia. Criou e dirigiu a sua Unidade da Primeira Infância. Foi Presidente da Associação Portuguesa de Psiquiatria da Infância e da Adolescência.
Tem numerosos artigos publicados em revistas de psicanálise e de pedopsiquiatria.

CRISTINA FABIÃO


Cristina Fabião é psiquiatra, psicanalista e psicodramatista. É Membro Titular com funções didacticas da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e da Sociedade Portuguesa de Psicodrama Psicanalítico de Grupo, integrando a Comissão de Ensino destas duas sociedades. É membro da Comissão Científica da Revista Portuguesa de Psicanálise.
Pertence à Sociedade Portuguesa de Psicossomática e foi vice-presidente na Zona Norte, nesta sociedade, entre 1999 e 2004.
Doutorou-se em Ciências Médicas, tendo lecionado durante 11 anos no Curso de Psicologia da Univ. Católica (Braga).
Actualmente integra as direcções da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e da Sociedade Portuguesa de Psicodrama Psicanalítico de Grupo e preside à direcção do Instituto de Psicanálise do Porto (IFTP).
Tem publicado artigos na Revista Portuguesa de Psicanálise, na Acta Médica Portuguesa, na Revista Portuguesa de Psicossomática e em outras revistas internacionais: BMC Psychiatry; Anuario Ibérico de Psicoanàlisis; Revista de Psicanálise da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre .
É autora do livro “Narcisismo, defesas primitivas e separação”, editado em 2007.

MARIA LUÍS BORGES DE CASTRO


Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa
Psiquiatra da Infância e Adolescência
Psiquiatra
Chefe de Serviço Hospitalar do Departamento de Pedopsiquiatria do Hospital de Dona Estefânia.
Membro Convidada Permanente da Sociedade Psicanalítica de Paris (SPP)
Membro Associado da Sociedade Portuguesa de Psicanálise (SPP)
Membro da International Psychonalytical Association (IPA).
Ex-Assistente Convidada da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Lisboa (FPCE-UCL)
Ex-Membro do Conselho Superior da PT-ESCOLAS
Sócia da Associação Portuguesa de Pedopsiquiatria
Ex-Diretora da Revista Portuguesa de Pedopsiquiatria (RPP)
Trabalhos publicados nas áreas de Psicanálise, Pedopsiquiatria, Psicossomática e Pedagogia.

MARIA FERNANDA GONÇALVES ALEXANDRE


Psicóloga, Especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde, Psicoterapeuta pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP). Psicanalista de adultos, de crianças e de adolescentes. Membro titular, com funções didáticas, da Sociedade Portuguesa de Psicanalise (SPP) e full member da International Psychoanalytical Association (IPA) e da European Psychoanalytical Federation (EPF).
Tem tido funções docentes no Instituto de Psicanalise, órgão da Sociedade Portuguesa de Psicanalise, assim como em cursos de pós-graduação a nível universitário. Tem feito um número assinalável de Conferencias e Comunicações em vários Congressos e Seminários assim como em diferentes Instituições. Tem publicado diversos artigos em revistas de Psicanalise e de Psicoterapia analítica. Participou, em conjunto com colegas da mesma área, em quatro livros. Da sua autoria publicou dois livros um em 2007 – “Mudanças Psíquicas no Processo Terapêutico – O papel do narcisismo” (Fenda) – e outro -, “ A experiencia Psíquica-Ensaios sobre a construção do processo psicanalítico” (Fenda).
Tem exercido vários cargos na Sociedade Portuguesa de Psicanalise (SPP) e actualmente é a Directora da Revista Portuguesa de Psicanalise, órgão da SPP.

MARTIN TEISING


Psychoanalyst and psychiatrist, training analyst.
President of the International Psychoanalytic University Berlin.
Past president of the German Psychoanalytic Association (DPV 2010-2012).
Since 2015 Board member of the International Psychoanalytic Association as European Representative.
Research in psychodynamics of ageing and suicidality; psychoanalytic concept reasearch.
Teising M (2007) Narcissisitc mortification of ageing men. International Journal of Psycho-Analysis 88: 1329-1344
Teising M (2005) Permeability and demarcation in the psychoanalytic process. Functions of the contact-barrier. International Journal of Psycho-Analysis 86: 1627-1644

CARLOS FARATE


Carlos Farate é Psiquiatra e Psicanalista Titular com funções Didáticas da Sociedade Portuguesa de Psicanálise (SPP) e da Associação Psicanalítica Internacional (IPA), da qual é Research Fellow. Membro da Comissão de Ensino da SPP. Professor Associado do Instituto Superior Miguel Torga (ISMT) é Coordenador Científico responsável pela especialidade em Psicoterapia Psicodinâmica do Mestrado em Psicologia Clínica do ISMT. Foi Diretor Clínico de um serviço especializado do Serviço de Prevenção e Tratamento da Toxicodependência (depois IDT) entre 1998 e 2003 e Coordenador-adjunto do Programa de Doutoramento em Saúde Mental pela Universidade do Porto (ICBAS-UP) entre 2001 e 2012.Tem publicado diversos artigos psicanalíticos, em particular na Revista Portuguesa de Psicanálise, e é autor do livro Psicanálise com limites e psicanálise ilimitada: o setting como estrutura dinâmica e instrumento técnico da psicanálise.

RUI ARAGÃO OLIVEIRA


Rui Aragão Oliveira é Presidente da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Membro da Associação Internacional de Psicanálise, Psicanalista titular e com funções didáticas na Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Doutorado em Psicologia Clínica, exerceu a atividade de docência universitária no ensino Público (Universidade de Évora) e Privado (Instituto Psicologia Aplicada). Dirigiu a Revista Portuguesa de Psicanálise. Foi membro inicial do Editorial Board Psychoanalysis.Today e pertence ao Comité de assessores do Livro Anual de Psicanálise/Internacional Journal of Psychoanalysis e da Revista IDE. Autor de um vasto número de artigos, publicados em Revistas nacionais e internacionais da especialidade.

Comissão organizadora:

António Mendonça (SPP) – Presidente
Conceição Melo Almeida (SPP)
João Keating (SPP)
João Santana (SPP)
Rosa Rebelo (SPP)
Rui Paixão (FPCE-UC)
Sónia Soares Coelho (SPP)