Publicado em

Revista SPP: Volume 35(2)

Editorial

Rui Aragão Oliveira

Neste número 35(2) reunimos um importante conjunto de trabalhos sobre o tema da adolescência, com algumas das comunicações que foram apresentadas no XXVI colóquio da Sociedade Portuguesa de Psicanálise, em Abril de 2015, ao que acresce uma colaboração inédita com colegas da Revista da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre, e ainda a possibilidade excecional de entrevistar Antonino Ferro.
Desta forma, este número da Revista de Portuguesa de Psicanálise, constitui-se um volume fundamental para o aprofundamento teórico-clínico em torno da adolescência, tendo merecido um importante apoio do Programa Nacional de Saúde Mental 2007- -2016, da Direção Geral de Saúde/Ministério da Saúde, numa medida de articulação inter-setorial, como ação de prevenção e promoção da saúde mental na área da infância e adolescência.
Continuar a ler Revista SPP: Volume 35(2)

Publicado em

Revista SPP: Volume 35(1)

Revista Portuguesa de Psicanálise 35-1

Editorial
Rui Aragão Oliveira

Este número da Revista Portuguesa de Psicanálise, no seu essencial,centra-se num aspeto fundamental relativo ao desenvolvimento técnicodas intervenções terapêuticas, integrando historicidade, operacionalidadee elementos estruturais do debate psicanalítico contemporâneo.
O artigo convidado, de Franco Borgogno, psicanalista da Sociedade Psicanalítica Italiana trata-se de uma re-atualização de um trabalho marcante editado em 2001 pelo The American Journal of Psychoanalysis. Ilustre estudioso de Sándor Ferenczi, Borgogno reflete sobre a elasticidade da técnica psicanalítica proposta inicialmente pelo histórico autor Húngaro, re-equacionando questões basilares para a Psicanálise, como o conceito de trauma ou da importância da capacidade empática, que tanto têm marcado o debate internacional. Maria Fernanda Alexandre presta-nos depois um precioso auxílio na compreensão da grandeza e significado destas temáticas, bem como das suas implicações na evolução da técnica psicanalítica até aos dias de hoje.
Continuar a ler Revista SPP: Volume 35(1)

Publicado em

Curso Breve de Saúde Mental na Infância e na Adolescência 2016

Organização: Dra. Edviges Guerreiro
Coordenação Pedagógica: Dra. Maria Fernanda Alexandre

Este curso insere-se num conjunto de ações de formação na Área de Especialização na Infância e na Adolescência organizadas pela Sociedade Portuguesa de Psicanálise e tem como Objetivos:

  • Transmitir conhecimentos no âmbito da saúde mental através do aprofundamento teórico/prático da compreensão dinâmica do desenvolvimento emocional da infância e adolescência.
  • Capacitar os profissionais da saúde que trabalham com crianças e adolescentes para a importância das questões de saúde mental, a família e a sociedade.

Continuar a ler Curso Breve de Saúde Mental na Infância e na Adolescência 2016

Publicado em

Medalha de Mérito – Dr. Jaime Milheiro

O Conselho Nacional da Ordem dos Médicos, no sentido de homenagear alguns dos médicos que contribuíram de “forma relevante” com a sua “actividade e mérito pessoal para a dignificação da profissão e da Medicina Portuguesa”, decidiu atribuir ao Dr. Jaime Milheiro, membro titular e didacta da nossa Sociedade, a Medalha de Mérito da Ordem dos Médicos por o “seu contributo ser muito importante” e ser “um exemplo para todos os médicos portugueses”, numa cerimónia que decorreu na secção regional do Porto, no dia 27 de Novembro de 2015.

Este justo reconhecimento, que homenageia não só o psiquiatra, mas também o psicanalista, prestigia a Psicanálise Portuguesa e é um motivo de orgulho para a nossa Sociedade.

Ao colega Jaime Milheiro, a Sociedade Portuguesa Psicanálise envia as mais calorosas felicitações.

Jaime Milheiro (Vila Nova de Gaia, 1935), psiquiatra e psicanalista, fez a sua preparação no Porto, Lisboa e Paris.

Numa carreira de 44 anos, bateu-se ininterruptamente pela humanização do doente e pela valorização dos factores psicossociais na Saúde Mental das pessoas e das comunidades. Disso fez o grande desígnio da sua vida profissional. Fundou o Centro de Saúde Mental de Vila Nova de Gaia num registo de Psiquiatria Comunitária. Fundou o Instituto de Psicanálise do Porto.

Escreveu dezenas de artigos científicos e centenas de artigos de opinião em revistas, livros colectivos e jornais. Publicou até agora nove livros, numa progressiva reflexão sobre o funcionamento dos seres humanos. Aos temas da saúde e doença, sofrimento e psicossomática,sexualidade e comportamento, tem acrescentado, nos últimos anos, ensaios e conceptualizações sobre o que chama de misteriosidade, religiosidade e religião.

Foi agraciado, também em 2006, com a Medalha de Ouro do Ministério da Saúde e a Medalha de Ouro do Município da sua cidade natal.

Publicado em

“Psicanálise a Céu Aberto” – Forúm online de 5 a 27 Novembro 2015

No âmbito do 31º Congresso Latino-Americano de Psicanálise da FEPAL “CORPO” aceda ao blog Psicanálise a céu aberto

Convidamos os colegas a participarem de Psicanálise a céu aberto, um fórum online que propõe pensar sobre o fazer do psicanalista em diferentes espaços.
Participem neste debate online com seus comentários e compartilhem suas experiências com os colegas de toda a América Latina.